quinta-feira, 17 de julho de 2014

verão com muita chuva no Pará

pelo visto o verão só vem pra valer em agosto e setembro de 2014 em Mosqueiro e Soure vamos lá.
Em agosto tem o festival Se rasgum.



Ao longo de nove anos de atividade, a Se Rasgum realizou mais de 100 eventos que deram oportunidade a mais de 200 bandas locais, nacionais e internacionais de apresentarem seu trabalho autoral para o público paraense e imprensa especializada. Além das festas realizadas desde 2003, a produtora idealizou, organizou e produziu 6 edições do Festival Se Rasgum, o maior da região Norte e considerado um dos cinco melhores festivais de música do País pela Revista Bravo.
Reunindo os mais importantes nomes da imprensa brasileira na cobertura dos eventos, o Festival tem entre seus maiores objetivos o de levar a produção musical emergente para todo o Brasil, alimentando uma cadeia produtiva cultural no Estado que envolve profissionais e artistas.
Nas edições anteriores do Festival, o evento repercutiu na imprensa de todo o Brasil, merecendo cobertura de veículos como Folha de S. Paulo, O Globo, Correio Braziliense, Zero Hora, Jornal A Tarde (Bahia), TV Multishow, MTV e as revistas Veja, Rolling Stone, Billboard Brasil, revista da MTV e Outracoisa, além da imprensa regional e internet, em sites e blogs especializados.
Realizamos o sexto ano de Festival Se Rasgum em 2011, e neste ano de 2012 será realizada a 7ª edição, com novas idéias e propostas que ultrapassam nossa consagrada qualidade técnica e musical. O festival também abraça causas sociais e ambientais.


Outra mudança foi a abertura para novos artistas locais através das Seletivas de bandas, em que, o público e os jurados escolhem quem fará parte da programação do Festival e de suas ações de promoção. Novas bandas chegam com gosto de novidade ao público paraense.
Com uma comunicação mais integrada, as informações dos Festivais estão disponíveis através da imprensa local (rádio, TV e jornais) e ferramentas imprescindíveis da internet, como Facebook, Twitter, Youtube, Flickr, Foursquare, Last.fm.1. 
     RELAÇÕES ENTRE FLORES E INSETOS 
B. COMO O PÓLEN É CARREGADO?
Talvez você já tenha visto beija-flores ou mesmo abelhas e borboletas voando entre as flores, atraídos pela sua cor e cheiro. Estes animais procuram o néctar e o pólen como fonte de alimento (açúcar e proteínas).
O néctar, secretado por glândulas (nectários) que estão localizadas nas flores, é uma substância composta de água, açúcares, compostos nitrogenados, minerais, ácidos orgânicos, vitaminas e substâncias aromáticas. Quando um pássaro ou um inseto alcança o interior da flor à procura deste material, ele fica com grãos de pólen presos na cobertura do corpo (penas ou pelos). Ao se deslocar para a próxima flor, alguns grãos de pólen ficam aderidos ao estigma, ocorrendo o processo chamado polinização. Um tubo fino começa então a crescer para baixo através do pistilo, a partir de cada grão de pólen, até o ovário. O conteúdo do pólen passa através deste tubo até o óvulo, dando início a formação de uma semente.
As cores e o perfume são assim úteis à planta pois atraem os animais que transportarão os grãos de pólen de flor para flor, sem os quais, muitas plantas não poderiam produzir sementes.
próximo tópico 


TENHA UMA COLMEIA EM CASA

Cultive uma colmeia de abelhas sem ferrão em seu jardim - um movimento cada vez mais universal, e de ampla recomendação para os amantes da natureza.

PLANTE ÁRVORES E CULTIVE FLORES

Plante em sua casa, nos parques e bosques de sua cidade, espécies da flora apícola; flores com pólen e néctar fornecem o alimento natural das abelhas.A Petição pela Proteção às Abelhas tem o objetivo de sensibilizar nossa sociedade e mobilizar suas lideranças para uma atitude imediata de apoio a toda e qualquer ação que investigue, identifique e combata rapidamente as causas do Desaparecimento das Abelhas ou CCD, fenômeno alarmante que vem dizimando milhares de colônias de abelhas em todo o mundo, e que tem causas ainda controversas.

http://www.semabelhasemalimento.com.br/

Nenhum comentário: